Mundo Operário

UNICAMP

"As mortes da pandemia são culpa do Estado", diz carta de trabalhadores do HC Unicamp

Em meio ao negacionismo genocida de Bolsonaro e do descaso de João Doria em São Paulo, os trabalhadores do HC da Unicamp publicaram uma carta denunciando os governos e também a reitoria de Marcelo Knobel. Confira a carta.

quinta-feira 18 de junho| Edição do dia

Em meio ao negacionismo genocida de Bolsonaro e do descaso de João Doria em São Paulo, os trabalhadores do HC da Unicamp publicaram uma carta denunciando os governos e também a reitoria, que no meio da crise não garante nem testes e equipamentos de proteção aos trabalhadores, fazendo grupos de risco trabalharem mesmo com casos confirmados no hospital. Em resposta, os trabalhadores vão organizar uma ação terça-feira na Unicamp.

O Brasil já ultrapassa 46 mil mortes pelo coronavírus e sabemos que esses dados são totalmente subnotificados pela falta de testes, e é o país com mais mortes de profissionais da saúde por Covid-19 no mundo. Em meio a isso, governadores como João Doria em São Paulo implementam a reabertura da economia depois de não ter oferecido o básico de prevenção para os trabalhadores da saúde na pandemia, como máscaras, EPIs e álcool gel. Sabemos que esses trabalhadores, junto com trabalhadores dos setores precários como telermarketing e entregadores de aplicativos, em maioria mulheres e negros, são quem mais se expõem ao vírus. Em Campinas o prefeito Jonas Donizette (PSB) já implementou a abertura do comércio e apesar da mentira que ele conta sobre medidas necessárias para evitar o contágio, o que vimos foi o centro da cidade lotado.

Em meio a tudo isso, na Unicamp o reitor Marcelo Knobel está gerindo a universidade na crise atacando os trabalhadores. Não liberou grupos de risco do trabalho mesmo com casos confirmados e permitiu com que a Funcamp (Fundação de Desenvolvimento da Unicamp) realizasse amplamente, por meio da MP da Morte de Bolsonaro, redução de salários e jornadas de 25% aos trabalhadores da saúde.

Os trabalhadores do hospital não ficaram calados e publicaram hoje uma carta denunciando todo o descaso dos governos e da reitoria, exigindo testes e EPIs para não contaminar suas famílias. Além disso, estão organizando também uma ação em frente ao HC na terça-feira, às 7h. Nós da Juventude Faísca e do Quilombo Vermelho prestamos todo nosso apoio a esses trabalhadores e achamos fundamental estar ao lado deles contra esses ataques e o descaso.

Confira a carta:

" QUEREMOS TESTES DE COVID E EPIS
NÃO QUEREMOS CONTAMINAR NOSSAS FAMÍLIAS E PACIENTES!

A UNICAMP, hospital modelo da região, não testa seus funcionários nem fornece EPIs adequados. Enquanto isso, pacientes internados sem covid são infectados durante a internação. Como eles são infectados? Por nós, profissionais da saúde.

Muito de nós somos assintomáticos, como 60% da população, e assim não sabemos se estamos contaminados. Como não somos testados, mesmo quando suspeito de estarmos contaminados, acabamos transmitindo para pacientes que cuidamos já debilitadas e que ao serem contagiados morrem pela doença transmitida dentro dos hospitais. Além disso, assim como todo brasileiro, também temos família! Quando voltamos do trabalho, encontramos com nossos maridos, esposas, pais, filhos e netos, e temos medo de estarmos os contaminando também.

A situação é tão absurda, que mesmo quando somos grupos de risco, já que não fomos afastados do trabalho mesmo sendo asmáticos, idosos, hipertensos, as vezes preferimos trabalhar diretamente com o COVID, já que pelo menos teremos acesso a EPIs, porque nos demais setores não nos fornecem equipamentos adequados. É principalmente nos setores que não tratam diretamente do COVID que muito de nós e pacientes são infectados. Os pacientes só são testados depois de apresentarem claramente sintoma de covid, e enquanto isto vão infectando todos os que estão a sua volta! Assim, vários de nós estão espalhando o vírus nos fretados, corredores, farmácia, hemodiálise... temos infectados por todo o hospital!

Quando perguntamos o por quê não somos testados, a instituição nós diz que não
conseguiria arcar com os afastamentos. E querem que arquemos com a morte de nossos famílias? Vão arcar com a morte dos pacientes que chegam ao hospital sem estarem contaminados e acabam morrendo por COVID? Com a nossa morte, vão arcar? No momento, o Brasil é o país com mais mortes por COVID de profissionais de enfermagem no mundo! Não testar os funcionários de saúde, não evita o afastamento dos trabalhadores, pelo contrário, aumenta a falta cada vez maior de
profissionais de saúde. Também aumenta a transmissão do vírus e, assim, a necessidade de mais profissionais de saúde, testes e leitos!

Sabemos que infectamos pacientes, mas temos bem claro que a culpa não é nossa! A culpa é dos responsáveis que tampam os olhos perante esta situação! Entre eles estão a CIPA, a CCIH, os supervisores e o reitor! Não têm testes? Não têm recursos? Exijam do governo! Todas as mortes por causa da pandemia são culpa do Estado, que há anos precariza a saúde pública do país, diminuí nossos salários e aumenta a nossa carga de trabalho! E que no meio da pandemia não valoriza os funcionários de saúde, pelo contrário! No meio dessa situação o governo aprovou uma medida que caso sejamos contaminados pelo vírus teremos que provar que foi no trabalho para termos algum direito trabalhista. Como provaríamos isso? E os nossos supervisores ao invés de irem contra essa medida, a aplicam através da “tabela de sintomas”! Quem defende essas medidas é tão responsável pelo descaso conosco e com nossas famílias quanto o governo!

Por todo o Brasil tem ocorrido manifestações, paralisações e greves de funcionários da saúde, reivindicando EPIs e testes! Não querem nos testar para não nos afastar do trabalho mesmo infectados? Se decidirmos parar, os responsáveis pela população ficar sem atendimento nos hospitais serão de todos aqueles que estão nos obrigando a trabalhar nestas condições absurdas!

Em defesa da saúde do povo que cuidamos, das nossas famílias e da nossa própria saúde!
Teste de COVID e EPIs para todos os funcionários do HC Unicamp!
Teste de COVID e EPIs para todos os funcionários da saúde do Brasil!
"




Tópicos relacionados

Saúde Pública   /    Crise na Saúde   /    Governo Bolsonaro   /    João Doria   /    Unicamp   /    Saúde   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar