Mundo Operário

INTERNACIONAL

Argentina: importante encontro de trabalhadores contra demissões e ataques do governo

O Esquerda Diário reproduz a declaração de convocatória da Assembleia dos Trabalhadores da Saúde, a Associação Sindical de Profissionais da Saúde da Província de Buenos Aires (CICOP) e distintas agrupações de trabalhadores do hospital. Se somarão ao encontro de trabalhadores em luta de distintos lugares do país, para coordenar a luta, como os mineiros do Rio Turbio, os da UEP de La Plata e outros setores que receberam com entusiasmo a iniciativa do Posadas e a debaterão em assembleias.

quinta-feira 8 de fevereiro| Edição do dia

Segue abaixo o texto difundido pelos trabalhadores:

“Os trabalhadores do Hospital Posadas viemos enfrentando a flexibilização, a precarização, mais de 640 demissões em 2016 e atualmente levamos três semanas de luta contra 122 demissões. Nos mobilizamos e só encontramos repressão como resposta. Exigimos os postos de trabalho de todos os demitidos e o imediato retorno à planta. Sabemos que há outros trabalhadores e trabalhadoras lutando contra demissões estabelecidas pelo governo Macri e pelas empresas em todo o país. São os trabalhadores e trabalhadoras da Fanazul, do INTI, do Rio Turbio, Senasa, do Ingenio la Esperanza, do Cargill, os engenheiros de Salta, do Ballet Nacional, da TV Pública, de Cresta Roja e muitos mais a quem consideramos nossos próprios companheiros. Queremos lutar todos juntos. Os dirigentes de grandes sindicatos nos deixam isolados, lutando cada um por sua conta. Nós lhes pedimos por isso que unifiquem a luta de todos em uma só que termine de uma vez com as demissões e os baixos salários.

LEIA TAMBÉM Hospital Posadas: grande jornada de lutas

Ao mesmo tempo queremos nos organizar em comum com todos os que já estão lutando como nós para não o fazer separados. Por isso, por votação unanime das assembleias dos trabalhadores do Hospital Posadas em luta chamamos a um Encontro Nacional de Trabalhadores contra as demissões e as consequências do ajuste e a quem apoiam todas estas batalhas, para organizar medidas de luta comuns e coordenar esforços pelo triunfo de nossas lutas. Estamos convencidos de que desta maneira, PODEMOS GANHAR.

Para isso chamamos a nos reunirmos em um Encontro de Trabalhadores contra as demissões e o ajuste, no sábado 17 de fevereiro, às 14hs no Hospital Posadas.
Pela unidade dos trabalhadores.”

Assembleia de Trabalhadores do Hospital Posadas em luta, CICOP e STS

Aderem: Frente Unidade dos que Lutam (ATE), Agrupação Marrom Classista, Alternativa Estatal (MST/ANCLA), Agrup. RH Combativo, Cte. Nac. Agustín Tosco, Agrupação de Trabalhadores em luta, Agrup Eu Sou German (ATE), Agrupação Cairo Fraga.

Para aderir ao encontro: encuentrodetrabajadores17f@gmail.com

A seguir a adesão de Cristian Gordillo, Secretário Adjunto de ATE – Rio Turbio, onde se votou em assembleia participar do encontro:




Tópicos relacionados

Mundo Operário   /    Internacional

Comentários

Comentar