Internacional

FRENTE DE ESQUERDA UNIDADE

Argentina | Nicolás del Caño: “Dos grandes empresários, dos bancos não tocam um centavo, até quando?"

Na primeira sessão virtual do Congresso argentino, deputado Nicolás del Caño exigiu que se colocasse em votação o projeto de imposto às grandes fortunas

sexta-feira 15 de maio| Edição do dia

O projeto, junto com uma série de medidas para atender a emergência sanitária e a crise econômica que afeta centenas de milhares de trabalhadoras e trabalhadores e pequenos comerciantes, foi apresentado junto com a companheira Romina del Plá da Frente de Izquierda.

O oficialismo peronista e o bloco maioritário da opisição que se referencia no ex-presidente Mauricio Macri se opuseram.

Foi a primeira sessão parlamentar, depois da suspensão de atividades no Congresso Nacional estabelecido com a justificativa da quarentena pelo coronavírus. O deputado Nicolás del Caño já havia exigido a reabertura do parlamento, denunciando que o governo do peronista Alberto Fernández atuava arbitrariamente, mediante DNUs (Decretos de Necessidade e Urgência).

Confira também a entrevista de Nico acerca dos atos da juventude trabalhadora precarizada na Argentina:




Comentários

Comentar