Argentina: Faculdade de Medicina da UBA ocupada!

quinta-feira 30 de agosto| Edição do dia

O movimento estudantil argentino a cada dia ganha mais força, impulsionado pela greve docente que já chega a um mês, ontem ocupou diversas faculdades, até mesmo a Faculdade de Medicina da UBA.

Os estudantes cantavam "Igreja e Estado, assunto separado" enquanto cobriam a imagem da virgem dentro da faculdade com um pano laranja com os dizeres "Fmed de pie", a cor laranja simboliza a luta pela separação da Igreja e do Estado.

Estes mesmos estudantes que hoje se somam às dezenas de milhares que tomam as ruas do país em defesa da educação pública, foram linha de frente da Maré Verde que teve sua demanda pelo direito ao aborto barrada por verdadeiros dinossauros-senadores, quando 38 decidiram que mulheres seguirão morrendo pelos abortos clandestinos, à mando da Igreja Católica que intervém na política.

Hoje se colocam ombro a ombro com os professores e denunciam Macri, a Igreja e o FMI: basta de dinheiro para os padres e a dívida, queremos dinheiro para a educação!




Tópicos relacionados

Mauricio Macri   /    Universidade   /    Movimento Estudantil

Comentários

Comentar