Internacional

ESTADOS UNIDOS

Aprofundando política xenófoba, Trump envia mais de 3 mil soldados para fronteira com México

Em meio ao impasse sobre a alocação de fundos para financiar a construção do muro na fronteira entre Estados Unidos e México, milhares de militares serão enviados para cumprir com funções auxiliadoras desse projeto.

segunda-feira 4 de fevereiro| Edição do dia

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos declarou nesse último domingo, dia 3 de fevereiro, a alocação de um contingente de 3750 soldados para a fronteira com o México para dar suporte aos agentes fronteiriços, construção de 240 quilômetros de cercas de alambrado e arame de concertina, além de operar câmeras de vigilância nos Estados de Arizona, Califórnia, Novo México. Como já existem tropas servindo na fronteira, o total de soldados atuando irá ser de aproximadamente 4350 atuando nessas áreas.

Embora a atuação dos militares se limite a funções técnicas e de auxílio aos demais agentes, sendo impedidos de adotarem qualquer medida direta de contenção a alguma passagem da fronteira por parte dos imigrantes, devido a uma lei que proíbe a utilização da força nacional para fins de segurança e ordem pública em nível nacional, essa ação está inserida numa série de medidas que aprofundam o caráter anti-imigrantes por parte do governo Trump.

O próprio presidente, ao fim de um período de paralisação de 35 dias em um embate político com os congressistas do Partido Democrata com relação ao financiamento da construção do muro na fronteira, deu um ultimato para que se garanta essa medida até 15 de fevereiro, suspendendo temporariamente a paralisação a fim de executar uma das suas maiores promessas de campanha.

Mediante isso, Trump destila seu ódio aos imigrantes legitimando essa e as demais políticas reacionárias, frente ao fenômeno das caravanas advindas da América Central, ao qual classifica como “invasões” ao território americano, enquanto atua e engrossa sua política imperialista no mundo aprofundando a miséria nos demais países sendo responsável pelas mesmas.

É preciso dar um basta às bravatas de Trump, que separou milhares de crianças migrantes de suas famílias, construiu um muro e continua mandando tropas para destilar sua xenofobia e impor uma separação absurda. Abaixo o muro e todas as politicas antimigrantes de Trump!




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    México   /    Imigração   /    Estados Unidos   /    Internacional

Comentários

Comentar