Mundo Operário

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Aposentadorias especiais também são atacadas por reforma de Temer

Pessoas com deficiência e trabalhadores expostos a agentes nocivos também terão direitos atacados por reforma da previdência de Temer.

quarta-feira 4 de janeiro| Edição do dia

Além de aumentar o tempo de contribuição e a idade mínima para que os trabalhadores consigam se aposentar, o governo golpista de Temer também quer dificultar o acesso dos trabalhadores expostos a agentes nocivos e de pessoas com deficiência às aposentadorias especiais.

Trabalhadores da indústria farmacêutica e química, e também os que trabalham com radioatividade por exemplo, que antes poderiam se aposentar com 15, 20 ou 25 anos de contribuição, sem uma idade mínima, vão ter que trabalhar até no mínimo os 55 anos com 20 anos de contribuição se a proposta de Temer for aprovada. Ou seja, se o trabalhador começar o emprego aos 18 anos, terá que trabalhar, no mínimo, mais 37 anos exposto a agentes nocivos à sua saúde.

Além disso, pessoas com deficiência, que poderiam se aposentar com 20 anos de contribuição para as mulheres, 25 para os homens, sem idade mínima, agora vão entrar na regra geral, e também só poderão se aposentar com no mínimo 55 anos de idade. Os idosos acima de 65 anos ou ao cidadão com deficiência física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo que tem direito ao BCP/Loas, agora só poderão acessar o benefício com a idade mínima de 70 anos.

Temer muda as regras como se a aposentadoria especial fosse um privilégio para as pessoas com deficiência e que expõe sua saúde todos os dias para conseguir garantir a sua sobrevivência. O secretário de políticas da Previdência Social, Benedito Brunca, justificou as mudanças e o governo afirmou que as condições de trabalho mudaram e melhoraram nos últimos anos. O que todo trabalhador sabe que não é verdade, já que são submetidos a condições absurdas de trabalho, com milhões de acidentes todos os anos, e que deve se agravar com o aumento da terceirização e da privatização que pretende o governo golpista.




Tópicos relacionados

Reforma da Previdência   /    Governo Temer   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar