Internacional

XENOFOBIA DE TRUMP

Após ordem judicial, governo Trump é obrigado a reunir crianças e pais presas na fronteira com México

Muitas crianças ainda não reencontraram seus pais, por vários motivos, ou porque os pais já foram deportados, ou porque os pais ainda estão presos. Juiz deu prazo para a reunião com o governo que venceu quinta-feira (26).

sexta-feira 27 de julho| Edição do dia

O governo xenofóbico e racista de Trump anunciou nessa quinta-feira (26), que mais de 1.800 crianças, que haviam sido separadas de seus país na fronteira com o México, já teriam sido reunidas junto aos seus pais. Mas o que não foi amplamente divulgado é que um Juiz determinou que as crianças encontrassem os pais, e deu prazo até essa quinta-feira. Fato é que, 711 crianças ainda não foram entregues de volta para família, por serem considerada pelo governo americano como “ilegíveis”. Destas crianças tem casos de os pais ainda estarem presos, o que já é absurdo, mas o mais absurdo ainda é que 413 crianças estão mantidas no pais, presas, e seus pais foram deportados.

O governo americano está sob tutela de centenas de crianças, muitas das quais os pais nem estão mais no país. Trump segue uma política criminosa, considerada nacionalista, fazendo com que crianças estejam sobre regime de prisão, muitas ainda muito jovem. Essa política é tão racista e xenofóbica, de forma tão escancarada, que fez até mesmo uma fração da justiça burguesa, que também é muito racista e no Brasil por exemplo defende policiais que cometem genocídios sobre a população negra e pobre, intervir a favor dos imigrantes.

Dentre as centenas de crianças que ainda estão presas no país (EUA), 10 são crianças brasileiras. O Itamaraty soltou uma nota informando que 39 crianças brasileiras já foram reunidas às suas famílias.

Isso mostra o que Trump, com sua política nefasta, quer faz no seu país e escancara o que o capitalismo reserva aos pobres, aos negros e imigrantes. Prisões, violência e até mesmo assassinatos. Essa mesma política nacionalista, é levada por alguns candidatos a presidência no Brasil, como é o caso do Bolsonaro que inclusive, apoia várias de ações de Trump e diz se inspirar no presidente mais racista, para governar o Brasil (O país que tem mais da metade da sua população composta por negras e negros).




Tópicos relacionados

Xenofobia   /    Donald Trump   /    Imigração   /    Internacional

Comentários

Comentar