Internacional

Golpe de Estado na Bolívia

Após golpe de Estado, Evo Morales renuncia a presidência

Sinalizou isto em uma mensagem que foi transmitida há alguns minutos. Álvaro García Linera, o vicepresidente, também renunciou.

domingo 10 de novembro| Edição do dia

Em uma mensagem que foi transmitida por diversos meios, Evo Morales anunciou que hoje renuncia à presidência da Bolívia. A mensagem chega após a consumação do golpe impulsionado pela direita e pela polícia, com o aval das Forças Armadas.

Pode te interessar: Bolívia: abaixo os motins civis, agroindustriais e policiais!

"Tenho a obrigação de buscar a paz", afirmou o mandatário na sua mensagem. Ao mesmo tempo denunciou a atuação de “grupos oligárquicos que conspiram contra a democracia” e criticou duramente os grupos de direita, autodenominados civis, que começaram a se mobilizar logo após ter sido derrotado nas eleições do dia 20/10.

Em construção




Tópicos relacionados

Golpe de Estado Bolívia   /    Evo Morales   /    Internacional

Comentários

Comentar