INTERVENÇÃO FEDERAL

Após 10 dias de Intervenção, mortes e tiroteios aumentam no RJ

Segundo aplicativo "Fogo Cruzado", Rio teve onze mortes e 44 tiroteios a mais com Intervenção Federal no RJ.

segunda-feira 26 de fevereiro| Edição do dia

Imagem: El País

Já fazem onze dias que a Intervenção Federaç está no Rio e a violencia só aumentou desde então. Os dados são do aplicativo "Fogo Cruzado"e divulgados pelo Uol, nos últimos dez dias ao menos 47 mortes violentas ocorreram e 250 tiroteios ou disparos com armas de fogo foram registrados na região metropolitana do RJ. Nos dez dias anteriores a entradas das tropas, 206 tiroteios ou disparos e 36 mortes haviam sido registradas.

Os dados não oficiais divulgados pelo aplicativo vem de informações dos próprios moradores, que enviam a situação de sua região ao aplicativo. A Intervenção, um plano político de Temer para abafar sua derrota com a não votação da Reforma da Previdência e a desmoralização do carnaval até agora não tem nenhum plano claro, e diversos abusos de autoridade em sua conta, entre eles a escandalosa expulsão de jornalistas mediante o impedimento moradores de saírem de casa sem serem fotografados pelo Exército.

Veja Também: Menina de 7 anos é baleada em ação policial no RJ: Basta! Vidas negras importam!

Uma das vítimas desses últimos dez dias foi Gleciana Vitoria Albuquerque Viegas, de 7 anos, baleada após a entrada da policia em sua comunidade em Duque de Caxias, região metropolitana do Rio. O pretexto da Guerra às Drogas, que dá suporte a todas as entradas policiais nas favelas não cansa de gerar vítimas inocentes, enquanto os verdadeiros traficantes, os fornecedores donos de helicocas e jatinhos estão muito longe dali.




Tópicos relacionados

Intervenção Federal   /    Guerra às Drogas   /    Exército   /    Crise no Rio de Janeiro

Comentários

Comentar