Mundo Operário

#30J

Apoio da população à greve geral marca panfletagem nas estações do Metrô de SP

quarta-feira 21 de junho| Edição do dia

Nesta semana a campanha "30/06 Tomar a greve geral nas nossas mãos!" chegou a população que utiliza o Metrô de SP.

Nesta terça-feira pela manhã, no horário de pico, os metroviários do Movimento Nossa Classe estiveram na estação Jabaquara da Linha 1 - Azul panfletando e conversando com a população sobre a greve geral do dia 30/06. "Foi muito importante o apoio da população que concordava conosco e dizia ’tem que parar tudo’" diz Francielton, técnico de manutenção do Metro de SP.

Esta ação na estação Jabaquara foi parte das panfletagens chamada pelas centrais sindicais e estava presente também o Sindicato dos Metroviários. "Nós viemos na ação chamada pelas centrais, mas viemos com nosso proprio panfleto da campanha para tomar a greve geral nas nossas mãos. O panfleto das centrais sindicais não diz uma palavra sobre a greve geral, foi inclusive criticado por centrais como a CSP-Conlutas" diz Felipe Guarnieri, operador de trem da Linha 1 - Azul. "As centrais estão vacilantes na construção da greve geral, temos que tomar essa luta nas nossas mãos para fazer uma greve geral mais forte que a do dia 28/04 capaz de derrubar o Temer e barrar de vez as reformas", complementa.

No mesmo horário, na Linha 5-Lilás o Movimento Nossa Classe estava junto com o Sindicato dos Metroviários numa distribuição de carta aberta para a população denunciando privatização da Linha 5, cujo leilão está marcado para o próximo mês. Nas estações de Adolfo Pinheiro a Capão Redondo, também chegou a campanha pela greve geral do dia 30/06. Houve muito apoio da população que se colocou contra a privatização e contra as reformas da previdência e trabalhista.

"Além da população também passamos por todas as estações, falamos com seguranças, agentes de estação, trabalhadores da manutenção, sobre a necessidade da gente lutar contra essas reformas que querem acabar com os nossos direitos trabalhistas, pois é aí que governadores como Alckmin se apoiam para acelerar a privatização do Metrô de SP", diz Marilia Rocha, diretora do Sindicato dos Metroviários pela Linha 3 - Vermelha.

Durante a noite, houveram reuniões entre os trabalhadores da manutenção da Linha 5, onde ficou remarcada a disposição de luta dos trabalhadores contra os ataques dos governos e patrões aos trabalhadores, como é a privatização.




Tópicos relacionados

Nossas vidas valem mais que o lucro deles   /    #30J   /    Greve Geral   /    Metrô   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar