Gênero e sexualidade

LEGALIZAÇÃO DO ABORTO

Apeoesp Santo André vota se somar ao ato do dia 8 de agosto pela legalização do aborto

A subsede da Apeoesp de Santo André votou em reunião de Representantes de escola se somar ao ato do dia 8 de agosto em defesa da legalização do aborto já.

segunda-feira 30 de julho| Edição do dia

Dentre os debates realizados na reunião extraordinária de RE em Santo André no ABC Paulista nesta sexta 27/7, um destes foi a necessária participação dos professores no ato do dia 8 de agosto que ocorrerá em São Paulo, tomando como exemplo o forte movimento de mulheres argentinas, a maré verde.

A atuação no movimento de mulheres, sobretudo nesta luta, é uma das formas que temos de passar por cima das direções que freiam a luta das mulheres e impedem diretamente a organização, já que além de não organizar seriamente a luta frente a tantos ataques que os professores vêm sofrendo no último período, a direção da Apeoesp busca localização no cenário eleitoral. Esta batalha também se faz importante porque coloca a necessidade de autonomia que as mulheres precisam ter sobre seus corpos e vidas e questiona os preconceitos inculcados pela ideologia burguesa sobre o papel das mulheres.

Sabendo-se que a categoria de professores é composta majoritariamente por mulheres, que sofrem com a precarização do trabalho, dupla e até tripla jornada e com a clandestinidade do aborto, é necessário que batalhemos fortemente neste dia 8, assim como as argentinas e em cada local de trabalho e estudo por educação sexual para decidir, contraceptivos para não abortar e por aborto legal, seguro e gratuito para não morrer




Tópicos relacionados

Apeoesp   /    Professores   /    Direito ao aborto   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar