Política

ANTISSEMITISMO NA CÂMARA DE SP

Antissemitismo: vereador do DEM em São Paulo xinga outro de “judeu filho da puta”

O vereador Adilson Amadeu (DEM), durante uma discussão no plenário da Câmara Municipal de São Paulo, xingou o vereador Daniel Annemberg (PSDB) de “judeu filho da puta” na noite desta quarta-feira, 11.

quinta-feira 12 de dezembro de 2019| Edição do dia

Em meio às discussões sobre o projeto de lei 419/18, sobre a regulamentação de transportes por aplicativo, o vereador Adilson Amadeu partiu para cima do outro parlamentar e teve que ser contido por outros vereadores. Foi então que ele disparou contra Annemberg: “judeu filho da puta”. O vereador que recebeu a ofensa antissemita disse que tomará providências legais, fazendo uma queixa-crime na corregedoria da casa.

Posteriormente, Amadeu tentou se justificar: "No calor da discussão, algo tão comum em votações polêmicas em plenário, eu realmente me excedi e, caso alguém tenha se sentido ofendido e ainda que não tenha sido uma fala generalizada, quero pedir minhas sinceras desculpas à comunidade judaica. Aproveito este esclarecimento para deixar claro que, em nenhum momento, houve um ataque à cultura ou tradição judaicas, a quem sempre fiz questão de respeitar", afirmou.




Tópicos relacionados

DEM   /    Câmara dos Vereadores   /    Política

Comentários

Comentar