Educação

EDUCAÇÃO PÚBLICA

Anitta questiona extinção do ensino superior público proposto por Temer

quinta-feira 23 de novembro| Edição do dia

A cantora Anitta lançou uma série de “tweets” questionando uma enquete feita pelo jornal O Estado de São Paulo sobre a extinção do ensino superior gratuito no país, baseado no relatório do Banco Mundial.


Segundo o relatório do banco mundial “Um ajuste justo - propostas para aumentar eficiência e equidade do gasto público no Brasil”, sugere que se acabe com o ensino superior gratuito, passando a cobrar mensalidades como forma de reduzir gastos do governo. Além da cobrança de mensalidades, o estudo sugere que os gastos por aluno tenham como limite o valor gasto pelas instituições mais eficientes. As menos eficientes teriam, assim, de ajustar suas despesas à nova realidade.

Temer quer levar adiante esse projeto, propondo que as Universidades funcionem como OS, com financiadas pela iniciativa privada, para servir exclusivamente aos interesses dos empresários. Enquanto isso, trilhões de reais vão diretamente para o pagamento da dívida pública todos os anos, engordando o lucro dos banqueiros.

Entenda: Temer discute transformar universidades públicas em OSs e financiadas por doações privadas




Tópicos relacionados

Privatização   /    Universidade   /    Educação   /    Política   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar