Amigo de Bolsonaro, Magno Malta já gastou R$ 472 mil em combustível

De acordo com o site Intercept, o ''vice dos sonhos'' de Bolsonaro gastou 472 mil em combustível de abril de 2009 até julho deste ano. Magno Malta eleito senador pelo PR é cliente de dois postos em Vila Velha no espirito Santo. São praticamente meio milhão de reais em cota parlamentar gasta em gasolina, de acordo com notas mostradas pelo senador por exigência legal.

terça-feira 4 de setembro| Edição do dia

Se fomos levar em consideração o preço atual de R$4,47 por litro de gasolina no Espirito Santo, o volume de combustivel conseguido por Malta e seus assessores nos postos seria suficiente para um gasto de 105.593 litros de combustivel.

A quantidade permite percorrer 1.055.930 km com um carro padrão de autonomia de km/l. Daria para atravessar o Espírito Santo, em linha reta, de norte a sul, 2823 vezes.

Os postos, com distância de 5 km entre si, pertencem a José Tasso Oliveira de Andrade, ex - deputado estadual e ex - chefe da Casa Civil do Espirito Santo.

Tasso está em segundo plano na politica local desde 2013, quando foi condenado em segunda instância por roubo do dinheiro público. O caso envolve a participação do ex - deputado num esquema de drenagem de recurso público, com pagamentos em espécie a candidatos do extinto PFL, do então governador José Ignácio Ferreira.

Magno Malta tem escritório no seu estado de origem, o Espirito Santo. São dois endereços, um em Vila Velha e outro em Cachoeiro de Itapemirim, munícipio no sul do estado, quase divisa com o Rio de Janeiro, onde José Tasso foi prefeito na cidade.




Tópicos relacionados

Bolsonaro

Comentários

Comentar