Educação

ESCOLA SEM PARTIDO

Alunos protestam na frente do Alesp contra Escola Sem Partido

sexta-feira 26 de agosto| Edição do dia

Dois projetos de lei diferentes foram rejeitados pela Comissão do Alesp, mas ainda seguem votação em plenário, apresentados pelos deputados Luiz Fernando Machado (PSDB) e José Bittencourt (PSD), o projeto de lei prevê que o direito de professores de expressarem suas opiniões em sala de aula seja vetado, por meio de denúncias e instalações de cartazes no interior da escola.

Um grupo pequeno de alunos da rede estadual de SP, que participam do grupo teatral Satyros Teens, fizeram uma encenação de como seria uma aula caso a “Lei da mordaça” seja aprovada, como forma de protesto.

Mas uma vez os secundaristas se colocam a frente pelos seus direitos e de seus professores, por uma educação crítica e capaz de transformar o pensamento humano em prol de sua emancipação.




Tópicos relacionados

Escola sem partido   /    Educação

Comentários

Comentar