Gênero e sexualidade

VIOLÊNCIA TRANSFÓBICA

Aluna trans é agredida depois de evento LGBT na Universidade Federal de Pernambuco

Dália Costa afirmou em depoimento nas redes sociais ter discutido com um homem que fez ataques transfóbicos contra ela. Na saída do evento, Dália foi atacada e sofreu agressões físicas.

segunda-feira 26 de março| Edição do dia

Dália Costa é uma mulher trans foi à um evento promovido pela Diretoria LGBT do cursinho "Vestibular Solidário", promovido pela comunidade acadêmica da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Durante o evento, como conta em seu relato no Facebook, Dália teria sido abordada por um homem que questionou se ela realmente era um mulher.

Ao se ver diante desta pergunta completamente transfóbica, Dália contou em seu relato: "Afirmei ser mulher. O mesmo debochou e imediatamente olhei para o homem e falei ‘diga se eu não sou mulher! Diz olhando para mim e que eu não sou mulher’”.

O ataque contra Dália aconteceu dentro do próprio campus, no Centro de Educação e Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH). Em depoimento, Dália disse que os agressores a assediaram apertando suas nádegas e fizeram ameaças à ela. "Ainda estou psicologicamente afetada. Jogaram primeiro uma pedra. Não bateu em mim. Quando eu olho, já foram me agredindo no rosto. Eu perdi a visão, não consegui identificar quem eram os agressores”, contou ao G1.

Após fazer o relato da violência no Facebook, Dália recebeu inclusive ameaças. A Diretoria LGBT da UFPE produziu uma nota em repúdio ao ocorrido: “total indignação por mais um lamentável episódio de transfobia”.

São muitos os casos transfóbicos dentro do ambiente universitário, mas também fora deles. Pessoas trans ainda são um grupo que sofre brutalmente, tendo uma expectativa de vida de 35 anos, sendo constantemente marginalizados, invisibilizados e tendo negado o acesso à educação e ao mercado de trabalho.

O Esquerda Diário manifesta seu completo repúdio ao ocorrido com Dália, bem como com toda forma de transfobia cometida contra os homens e mulheres trans que resistem e lutam bravamente contra esta opressão que avassala a vida de todos eles.




Tópicos relacionados

Violência Transfóbica   /    Homofobia e Transfobia   /    LGBT   /    Violência contra a Mulher   /    Gênero e sexualidade   /    Juventude

Comentários

Comentar