Política

PSDB

Aloysio Nunes, seus R$500mil de propina e os crimes blindados do PSDB

Rodrigo Tufão

Metroviário, cipista da linha 1 Azul São Paulo

quarta-feira 3 de janeiro| Edição do dia

O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) é acusado de receber 500 mil da empreiteira Odebrecht para sua campanha ao Senado. Em petição ao Supremo Tribunal Federal (STF), a procuradora geral da República, Rachel Dodge, afirma que apesar dos crimes cometidos, haveria prescrição, pois ocorreram antes de 2010.

Aloysio Nunes, Stalinista convicto em um passado não muito distante e pseudo social democrata no presente, entra para o ranking de tucanos que comentem crimes, mas contam com a ajuda do judiciário para ficarem impunes. São inúmeros os casos de letargia e engavetamento de processos que os políticos desse partido "enfrentam". O caso mais emblemático é o "mensalão" mineiro, que tem Eduardo Azeredo (PSDB- MG) como principal expoente. Processo que corre desde 2005, sem nenhuma punição. São recursos e mais recursos, que levam a réu mesmo que condenado e ficar livre,leve e solto.

No caso de Aloysio, a procuradora alega que pela idade do Senador, 72 anos, o prazo de prescrição do crime cai pela metade.Então tudo que ele roubou até 2010,não será passível de punição. Assim também ocorre com José Serra, 75 anos (PSDB-SP). Tudo que roubou até 2010, não será passível de punição.

Apesar dos escândalos de corrupção que vieram a tona nos últimos anos no país, nenhum tucano foi preso até agora. Muitos políticos de diversos partidos foram presos. O modo de fazer política, com desvios de dinheiro público para campanhas eleitorais, licitações fraudulentas, cartéis e até roubo de merenda escolar, ficaram expostas a olho nu, para qualquer cidadão poder conferir. Porém os tucanos saem ilesos de todos os processos, sua articulação em meio ao judiciário é algo gritante, nada passa para eles. Tudo se arquiva e prescreve.

Aloysio Nunes é mais um exemplo da impunidade para quem tem "amigos" e militantes no judiciário. Foi uma figura importante no golpe institucional de 2015,seguindo até hoje como ministro do governo corrupto de Temer, defendendo todas as contra reformas que esse governo está aplicando sobre a costas dos trabalhadores e do povo.

De Stalinista degenerado a golpista corrupto. Aloysio Nunes é um exemplo a não ser seguido pelas novas gerações de brasileiros. Uma pessoa que dedicou sua vida, para fazer política contra os trabalhadores e a maioria do povo. Um autoritário por essência, um corrupto por conveniência.




Tópicos relacionados

PSDB   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar