Política

CONTINUIDADE DO GOLPE

Alexandre de Moraes nega, em decisão relâmpago, pedido da defesa de Lula

sexta-feira 29 de junho| Edição do dia

Imagem: Sérgio Lima/PODER 360

O Ministro Alexandre de Moraes tomou uma decisão relâmpago agora pela noite que avaliza o que Fachin já havia colocado e Cármen Lúcia também ao postergar em por o caso em plenário. Ele negou o pedido da defesa e Lula seguirá preso. Disse julgar "improcedente" o pedido da defesa.

Ele negou o pedido da defesa de Lula e devolvera à Segunda Turma o recurso do ex-presidente Lula. Ele manteve a decisão de Edson Fachin de mandar a ação ao plenário.

O STF mantém sua linha de continuidade do golpe. Hoje isso ficou mais do que claro com ações coordenadas dos ministros para manter a condenação arbitrária de Lula. O PT por outro lado continua confiando sua estratégia voltada 100% para as instituições, implementou um governo de conciliação de classes, que abriu espaço para a direita, não resistiu ao golpe e se negou a colocar peso para a mobilização na rua.




Tópicos relacionados

Prisão de Lula   /    Julgamento de Lula   /    golpe   /    Alexandre de Moraes   /    Golpe institucional   /    Governo Temer   /    STF   /    Lula   /    Política

Comentários

Comentar