BOLSONARO

Alckmin, porta-voz dos ataques de Temer, critica declaração de Mourão sobre o 13°

quinta-feira 27 de setembro| Edição do dia

Imagem: (Paulo Whitaker/Reuters)

O PSDB que tem um histórico de atacar os trabalhadores e demais setores populares da sociedade, correu para inserir a declaração do General Mourão, vice do reacionário Jair Bolsonaro sobre a intenção de atacar o 13° salário no horário eleitoral desta quinta feira. Este trecho foi inserido no final do programa, que estava voltado a criticas a polarização entre PT e PSL. ’’Prepare seu bolso. Ele não. Décimo terceiro, sim’’ diz o locutor no fim da propaganda.

Conforme havíamos denunciado aqui anteriormente, o programa de Jair Bolsonaro é extremamente anti-operário. Conhecido por suas declarações machistas, racistas e homofóbicas, o programa de Jair Bolsonaro tem a intenção de atacar profundamente os trabalhadores e demais setores populares da sociedade. Bolsonaro que já está conhecido pela sua frase celebre ’’trabalhador tem que escolher: menos direito e emprego e mais direito e desemprego’’, vai continuar as medidas que o Temer começou.

Contudo, o PSDB não é nenhuma referência para falar dos ataques que Bolsonaro quer implementar, pois estes tem um histórico de implementar medidas contra os trabalhadores e o PSDB é o mesmo partido que apoiou a reforma trabalhista implementada pelo golpista Michel Temer. Além disso, Geraldo Alckmin é conhecido por atacar diversas categorias no Estado de São Paulo, tendo o exemplo mais clássico os professores da rede pública estadual.

Mesmo que exista algumas diferenças pontuais, no que diz respeito sobre atacar os trabalhadores e demais setores populares da sociedade, Bolsonaro e Geraldo Alckmin são bem parecidos. O PSDB é um dos que tentam se apresentar como mal menor a Jair Bolsonaro, tentando canalizar o sentimento legitimo que milhares de pessoas possuem contra o candidato reacionário do PSL.

Isto só mostra a necessidade da mobilização contra o reacionário Jair Bolsonaro ser independente, que se enfrente contra os golpistas e lute contra os ataques aos trabalhadores e demais setores populares da sociedade. O ’’Ele não’’, mas candidatos como Geraldo Alckmin sim, não vão responder contra o reacionarismo de Bolsonaro, muito menos vão preparar os trabalhadores e demais setores populares da sociedade para as batalhas contra os ataques que virão.




Tópicos relacionados

Hamilton Mourão   /    Exército   /    Reforma Trabalhista   /    Governo Temer   /    Direitos Trabalhistas   /    Michel Temer   /    Alckmin

Comentários

Comentar