Política

PSDB

Alckmin e Dória debatem a presidência, qual será o mais reacionário e agradável aos empresários

Apesar de tanto Dória como Alckmin tentarem dar aparecias de unidade e fidelidade entre os dois, o que vemos é se acirrar os atritos dentro do tucanato. Quem sera a direita mais reacionária e boa para os empresários.

Vanessa Oliveira

Professora do ABC

sexta-feira 28 de julho| Edição do dia

A conjuntura politica brasileira tem gerado uma grande disputa até mesmo dentro dos partidos políticos, Geraldo Alckmin (PSDB), passou a defender prévias até dezembro, para já garantir sua candidatura à presidência em 2018. Desta maneira pode delimitar seu espaço fazendo com que as intenções de Dória se dificultem para tal disputa.

Alguns outros membros do partido também defendem as prévias, como é o caso do governador de Goiás, Marconi Perrilo, porém existe certa resistência no partido em relação a suas tradições ao lidar com as candidaturas.

Os aliados de Alckmin utilizam de alguns argumentos, dizendo que a assessoria de Dória apresenta um possível interesse em candidata-lo a presidência, mas que os mesmos cometeriam um suicídio eleitoral caso fizessem o atual prefeito de SP renunciar no seu primeiro mandato.

O que fica evidente diante nesse caso é de que como a crise orgânica tem afetado os partidos, onde a busca por representantes a cada dia fica mais acirrada, gerando conflitos e disputas internas por posições que garantam a busca de interesses individuais de cada candidato e que dividem ainda mais os partidos da ordem.

O PSDB esta o ano todo numa politica dúbia e dividida em relação a apoiar ou não Temer, e imersos em disputas eleitorais prévias. Alckmin é um político de direita tradicional e duro, já Dória quer passar a imagem da nova direita, "gestor" e "inovador", além de abertamente higienista e privatista, busca assim agradar os empresários da sua laia.




Tópicos relacionados

PSDB   /    Política

Comentários

Comentar