Política

Alckmin acredita que pode conquistar eleitorado de Lula

Geraldo Alckmin, que mais uma vez abandonou o mandato de governador para disputar a presidência do país, corre desesperado atrás de apoio para ocupar o espaço que pode ser deixado pela ausência de Lula nas eleições.

quinta-feira 19 de abril| Edição do dia

Em jantar com a bancada do PSD do Nordeste, com o objetivo de costurar apoios para sua campanha, Geraldo Alckmin disse estar otimista com o fato de Lula não concorrer e que isso gera um quadro eleitoral “totalmente novo”.

Vale a pena lembrar que em 2006 Alckmin abandonou o mandato como governador para concorrer à presidência. No segundo turno, quem venceu a disputa foi Lula com 60,82% dos votos válidos .

Por isso, dessa vez o tucano comemora a prisão de Lula e acredita que o eleitorado do PT não votará em Jair Bolsonaro. A intenção do PSDB é correr atrás de conquistar os eleitores nordestinos, já que o estado de São Paulo conta com seis milhões de migrantes nordestinos e Alckmin foi governador por quatro mandatos.

Mas o que não falta a Alckmin são motivos para comemorar. A arbitrariedade e seletividade do judiciário até agora blindou o governador. Acusado de envolvimento em esquemas de propinas no cartel do Metrô, os escândalos da merenda o que lhe garantiu o apelido de “ladrão de merendas”, entre outros, o tucano segue impune para disputar a presidência, e para correr desesperadamente atrás de apoio onde seu nome ainda não é tão manchado pelos escândalos, como em SP.




Tópicos relacionados

Prisão de Lula   /    Eleições 2018   /    Alckmin   /    Lula   /    Política

Comentários

Comentar