Aiatolá Khamenei diz que mísseis foram apenas o "tapa na cara" dos EUA, "a vingança é uma questão diferente"

quarta-feira 8 de janeiro| Edição do dia

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse em pronunciamento à nação nesta quarta-feira que o ataque iraniano com mísseis lançado ontem à noite contra duas bases aéreas utilizadas por tropas americanas no Iraque foi um "tapa na cara" dos EUA, mas fez a ressalva de que "ações militares não são suficientes".

"Por enquanto, os americanos receberam um tapa, a vingança é uma questão diferente”

Ontem, durante a noite a Guarda Revolucionário Islâmica do Irã confirmou a autoria do disparo de dezenas de mísseis contra duas instalações militares utilizadas pelos norte-americanos Al Asad e Erbil no Iraque. Em nota declararam que a operação intitulada como "Mártir Soleimani" foi: "o início da vingativa retaliação do Irã pelos EUA”.

Após o ataque, em declaração no twitter Donald Trump minimizou o episódio declarando que "Tudo está bem" e reafirmando o poderio bélico norte-americano: "Nós temos as forças armadas mais poderosas e bem equipadas em todo o mundo".

Mais cenas dessa escalada de tensão entre EUA x Irã ainda estão por vir. As declarações do Irã dão a entender que novos ataques ocorrerão. Trump prometeu que faria um pronunciamento nesta manhã. Até Putin se encontra na Síria junto ao ditador e seu protegido Assad, ambos aliados do Irã. Mais umavez, o Oriente Médio torna-se palco central dos conflitos geopolíticos globais.




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    Oriente Médio

Comentários

Comentar