Educação

RACIONAMENTO DE MERENDA

Acompanhe o ato contra o racionamento de Dória e por merenda para todos

Após a denúncia do racionamento de merenda imposto por Dória na educação pública de São Paulo repercutir amplamente nas redes sociais e nas comunidades escolares, ocorre nesta quarta (23), em frente à prefeitura, um ato contra a medida e pelo direito de todos os alunos não passarem fome. Acompanhe pelo Esquerda Diário.

quarta-feira 23 de agosto| Edição do dia

A professora Marcella Campos denunciou que o prefeito de São Paulo João Dória (PSDB) está impondo nas escolas municipais um racionamento de merenda às crianças. Marcando os alunos com a chamada "canetada da fome", depois de comerem uma vez, não podem repetir.

Dória ainda tentou se justificar dizendo que estava "combatendo a obesidade", mostrando que nada conhece sobre a realidade dos alunos da rede pública e das escolas da capital paulista. Muitos estudantes, principalmente nas regiões mais pobres, têm na escola sua refeição mais completa do dia, e são impedidos de comer o quanto necessitam por uma medida absurda da prefeitura. Enquanto isso Dória segue bancando banquetes aos seus aliados privilegiados.

Para denunciar todo esse absurdo é que o Esquerda Diário, junto ao Movimento Nossa Classe Educação, convocou para esta quarta-feira um ato denunciando a situação. A professora Marcella Campos, junto ao vereador Toninho Vespoli (PSOL) e Diana Assunção participarão de reunião com representantes da prefeitura. Acompanhe pelo Esquerda Diário.




Tópicos relacionados

João Doria   /    PSDB   /    São Paulo   /    Educação   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar