Sociedade

Abastecimento precário deixa os moradores da Lomba do Pinheiro sem água já há dias

Moradores da Lomba do Pinheiro, na zona leste de Porto Alegre estão sem água desde de domingo (27). O Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) garantiu que iria normalizar a falta de água na noite desta quarta-feira, e alega já ter resolvido situação, mas os moradores seguem sem água.

quarta-feira 30 de janeiro| Edição do dia

A região da Lomba do pinheiro é abastecida pela Estação de Tratamento de Água Belém Novo, na zona sul, que chegou no limite devido o aumento do consumo, a estação esteve com problemas nesta segunda-feira (28) e precisou de manutenção, operando com capacidade reduzida, segundo o DMAE qualquer outro problema poderá causar interrupção no abastecimento de água, isso pode ocorrer se faltar energia elétrica ou se realizada uma manutenção.

Moradores protestaram contra a falta de água trancando ruas no bairro.

Atualmente a água percorre um trajeto de 23 quilometros entre a estação até o bairro. Para ser solucionado o problema, o DMAE afirma que é necessario contruir uma estação que abasteça a região, pois entretando isso está longe das prioridades de Marchezan, que tem como projeto o desmonte total dos serviços públicos.

Todo ano a população trabalhadora das periferias de Porto Alegre enfrentam desabastecimentos de água no verão escaldante da região. O governo se nega a sanar o problema há anos mesmo enfrentando diversos protestos por parte dos moradores da região.

Esta situação mostra o descaso de Marchezan para com o povo trabalhador, que enfrentam dificuldades de abastecimento devido à política do prefeito de beneficiar o setor privado com a precarização dos serviços públicos e privatizações. Vemos as mesmas intenções na questão do transporte coletivo, por exemplo, aumentando a tarifa dos onibus todos os anos e recentemente retirando o direito dos idosos de até 65 anos de terem isenção, assim como o desmonte da Carris e suas tentativas de privatização.




Tópicos relacionados

Privatização da Água   /    precarização   /    Marchezan   /    Porto Alegre   /    Sociedade   /    Falta d’água

Comentários

Comentar