AO VIVO: Começa agora ato pelo Geovane Gabriel, jovem encontrado morto no RN

Hoje (15), um dia depois do corpo de Geovane Gabriel ter sido encontrado, ocorre manifestação exigindo justiça por mais um jovem negro morto pela PM

segunda-feira 15 de junho| Edição do dia

Nesta manhã vários manifestantes se reúnem na frente da CMEI Marilândia Bezerra, no bairro Guarapes, em Natal.

Gabriel desapareceu no dia 5 de junho, após ter saído de casa para a casa de sua namorada em Parnamirim, onde nunca chegou e nem retornou. Testemunhas, que não quiseram se identificar, relatam que viram Gabriel sendo abordado pela Polícia Militar antes do seu desaparecimento.

Em meio a um levante negro nos EUA, após o brutal assassinato de George Floyd, e às várias manifestações que foram surgindo em diversos países por conta deste assassinato, a morte de Gabriel é responsabilidade da PM do RN, estado governado por Fátima Bezerra, do PT. Assim como está sendo questionada nos EUA, o papel da polícia deve também ser questionada aqui no Brasil, instituição que recentemente assassinou João Pedro, João Vitor e tantos outros, e que tem o racismo como marca estrutural.

Tanto o governo Bolsonaro, que é abertamente racista, quanto os governadores de vários estados, como Witzel e Dória, são diretamente responsáveis pela morte da juventude negra. A violência policial é absolutamente necessária para que consigam passar os ataques, como as MPs 927 e 936, e tentar manter a classe trabalhadora com medo. É preciso questionar todas as instituições que nos matam

Estamos agora fazendo uma live cobrindo o ato:

#VidasNegrasImportam




Tópicos relacionados

Fátima Bezerra (PT)   /    Natal   /    Violência policial

Comentários

Comentar