#SINTUSPFICA

AMANHÃ: Ato na USP em defesa do direito de organização sindical

Amanhã, 19/11 ocorrerá na USP, na sede do SINTUSP ato chamado em defesa da sede do sindicato, ameaçada de despejo pela reitoria da universidade.

quarta-feira 18 de janeiro de 2017| Edição do dia

O Sintusp (Sindicato dos Trabalhadores da USP) existe há mais de 50 anos e ocupa o lugar onde está sua sede desde então. Nos anos da ditadura, era proibido a existência de sindicatos. O Sintusp (antes chamado Asusp), resistiu duramente à repressão militar, lutando ao lado dos trabalhadores por seus direitos e por melhores condições de vida e trabalho. Foi o primeiro sindicato do funcionalismo público pós ditadura e é reconhecido nacional e internacionalmente como um sindicato democrático, classista e combativo. Recusa a cobrança de imposto sindical, se sustentando somente com as contribuições voluntárias dos sócios.

Vários reitores que passaram pela USP tentaram destruir a força dos trabalhadores e do seu sindicato, sem sucesso. A atual gestão de Marco Antônio Zago declarou publicamente à revista Veja que quer "acabar com a dinâmica de sindicalismo na universidade". Para tanto ataca os trabalhadores com arrocho salarial, ameaça de perda de benefícios e demissões. A universidade está sendo desmontada, com fechamento de postos de trabalho, avanço na terceirização, desmonte dos aparelhos de saúde e fechamento das creches. Por fim ataca o pincipal organismo de luta dos trabalhadores, o sindicato. Desde Abril ameaça o SINTUSP de despejo, concretizando essa ameaça com o pedido de liminar acolhido pela justiça de desocupação à forca da atual sede do SINTUSP (espaço ocupado há mais de 50 anos).

Diversos juristas, como Jorge Souto Maior, Fabio Konder Comparato, intelectuais, parlamentares, como Eduardo Suplicy e Carlos Gianazzi, personalidades e ativistas como Guilherme Boulos se colocaram na luta em defesa do Sintusp.

Desde o Chile, México e Argentina, chegaram apoios internacionais de peso como o do ex-candidato à presidente da Argentina Nicolas Del Caño, do PTS.

Para assinar o manifesto clique aqui..

O ato será amanhã, dia 19/1 às 12h30 no SINTUSP.
Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/1217413398307298/




Tópicos relacionados

#SintuspFICA   /    SINTUSP   /    USP

Comentários

Comentar