Política

RIO DE JANEIRO

ABSURDO: Witzel ignora pedidos de proteção a deputada Taliria do PSOL-RJ

Nesta quinta-feira (27), foi divulgada a informação pela assessoria do PSOL na Camara a respeito da descoberta da Policia Federal de ameaças e planos de assassinato contra a deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) na chamada "deep-web" (espaços restritos da internet). Mas a parte mais escandalosa da denúncia, é a completa negligência do governador do Rio de Janeiro, Witzel, de ignorar os pedidos de segurança feitos pelo presidente da Camara, Rodrigo Maia (DEM) e agora pelo próprio PSOL.

quinta-feira 27 de junho| Edição do dia

Witzel ao ignorar os pedidos de segurança - com escoltas policias - para a deputada que está em seu primeiro mandato, se responsabiliza por todas as possíveis ações contra a sua vida. É uma medida completamente reacionária, uma vez vez que há mais de um ano ainda nos perguntamos: Quem mandou matar Marielle Franco e Anderson Gomes?

“Desde o mandato de vereadora a agente já viveu muitas situações de ameaças seja na internet até no período da campanha para deputada, quando teve gente armada na porta do comitê”, relata Talíria Petrone.

Nós do Esquerda Diário e MRT nos solidarizamos com Taliria e o com o PSOL. E enquanto repudiamos todas as ameaças reacionárias contra a esquerda e a completa conivência do governador do Rio de Janeiro com esta situação, acreditamos que é necessário que as organizações de esquerda e dos trabalhadores organizem sua autodefesa, para impedir quaisquer ataques desta extrema direita nojenta que utiliza dos métodos mais reacionários para tentar nos calar.




Tópicos relacionados

Wilson Witzel   /    PSOL   /    Política

Comentários

Comentar