A refinaria Replan amanhece paralisada nesta segunda-feira

segunda-feira 28 de maio| Edição do dia

A refinaria Replan, em Paulínia, amanhece com trabalhadores e sindicato no portão. A paralisação de 8 horas faz parte da mobilização para a greve dos petroleiros que já estava votada, finalmente tem data marcada para quarta-feira, 30/05 e deve durar 72h. Nas grades, faixas foram estendidas contra a privatização da Petrobras e em solidariedade aos caminhoneiros.

O exército, que no domingo foi aplaudido pelos caminhoneiros parados na Zeferino Vaz, rodovia que passa em frente a Replan, se posicionaram nos terminais de abastecimento da refinaria, devido a operação expedida por Temer que autoriza a atuação do exército para conter a crise de abastecimento.

As reivindicações da greve dos petroleiros são: redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha; a manutenção de empregos e retomada da produção interna de combustíveis; o fim da importação de derivados de petróleo e contra a privatização da empresa, em especial de quatro usinas que serão entregues a inciativa privada.




Tópicos relacionados

crise combustíveis   /    Privatização da Petrobras   /    Greve da Petrobras   /    Crise da Petrobrás

Comentários

Comentar