ESQUERDA DIÁRIO IMPRESSO

A onda secundarista chega ao Sul!

sexta-feira 20 de maio de 2016| Edição do dia

Inspirados pelos secundas de SP, GO, RJ e CE, os guris estão eletrizando o sul com sua luta. São cerca de 50 escolas ocupadas no estado do Rio Grande do Sul. Em menos de uma semana a onda de ocupações gaúchas atingiu 12 cidades e promete crescer. Em meio a isso, os professores do estado deflagraram greve por tempo indeterminado.

O RS é um dos estados mais afetados pela crise. Ano passado o governador Sartori (PMDB) parcelou e atrasou o salário de todo o funcionalismo público várias vezes. O reflexo dessa medida, combinada com o descaso histórico com o ensino público, vem aprofundando a crise na educação. A falta de professores e funcionários é gritante, existem graves problemas de infra-estrutura e atraso no repasse mensal. Além dos cortes, a resposta do governo tem sido a privatização. Por meio do PL 44/16 as organizações sociais passam a gerir a escola junto à direção.

Mas os estudantes decidiram se organizar contra essa ofensiva. Porém, para que essa luta seja vitoriosa, as ocupações precisam se unificar em pautas e manifestações conjuntas. Se as decisões se mantiverem restritas à direção burocrática da UBES e aos acordos entre correntes essa perspectiva jamais acontecerá. É necessário que os rumos da mobilização sejam decididos por um comando das escolas ocupadas, com representantes de cada escola eleitos em assembleia de forma a expressar a base do movimento.

Também é necessária a unificação com os professores em greve e a juventude universitária, como os estudantes ocupados na UNIPAMPA. A força dessa união é o que pode fazer tremer o governo do Sartori e alcançar a vitória.




Tópicos relacionados

Secundaristas   /    #OCUPATUDO

Comentários

Comentar