Internacional

GREVE GERAL CATALÃ

A greve catalã recebe solidariedade no restante do Estado Espanhol

Mobilizações em Madrid, Burso, Zaragoza e dezenas de cidas estão planejadas durante todo o dia.

terça-feira 3 de outubro| Edição do dia

Em diferentes cidades do Estado espanhol se convocaram concentrações em apoio aos trabalhadores catalães neste 3 de outubro. Em Madrid, diversas organizações da esquerda sindical e política chamaram hoje as 19 horas na Porta do Sol, com três motes: contra a repressão, solidariedade com a greve geral da Catalunha e pelo direito de decidir.

Catalunha está vivendo uma jornada de greve geral, contra a escalada repressiva do Estado espanhol, que teve sua máxima expressão no domigo 1º. Com mais de 800 feridos e inumeráveis imagens da brutalidade policial que já rodaram o mundo e estão causando uma grande onda de indignação. Por outro lado, as organizações convocantes vêem como necessário lutar por uma agenda de reivindicações sociais no marco de um processo constituinte de uma república catalã.

Isto supõe um passo a mais no aumento da incipiente autoorganização de mobilização popular, que já há duas semanas tem o movimento estudantil como um dos seus principais motores, e ao que agora se soma a classe trabalhadora.

Desde a CRT, organização irmã do MRT na Espanha e impulsionadora do IzquierdaDiario.Es, integrante da rede internacional de diários, apoiamos estas convocatórias em todo o Estado espanhol, porque vemos que é necessário cercar de solidariedade os trabalhadores catalães; mas também porque consideramos que esta situação transcende amplamente a questão catalã e mostra a face antidemocrática do Regime de 78, ao qual se deve enfrentar.




Tópicos relacionados

Referendo na Catalunha   /    Catalunha   /    Internacional

Comentários

Comentar