Política

1 DE MAIO NA ARGENTINA

A esquerda fará ato na embaixada do Brasil pelo Dia Internacional dos Trabalhadores

sábado 30 de abril de 2016| Edição do dia

Em comemoração ao Dia Internacional dos Trabalhadores, este sábado dia 30 de abril se realizará um importante ato “contra o golpe institucional no Brasil e o ajuste de Macri e os governadores” em frente a sede da embaixada brasileira, informou hoje o ex-candidato a presidente da Frente de Esquerda Nicolás del Caño. Não podemos permanecer indiferentes frente ao golpe fomentado pelas grandes patronais no Brasil, já que, se se consolida, se fortalecerão Macri e toda a direita continental para aprofundar os ajustes contra nossos povos”, apontou Del Caño.

Por sua vez, a deputada Myriam Bregman, que na quarta-feira declarou repúdio ao golpe institucional do Brasil na Câmara dos Deputados, considerou que “vamos fazer o primeiro ato na Argentina contra o golpe que pretendem perpetrar no Brasil. A Frente para a Vitória fala da boca pra fora mas, para variar, não moveu um dedo contra o golpismo da direita brasileira, e seus governadores na Tierra del Fuego Santa Cruz aplicam um ajuste similar ao de Macri a nível nacional”.

No ato, que começará às 16h no cruzamento de Cerrito e Alvear, falará um dirigente dos trabalhadores do Brasil, além disso, Nicolás Del Caño, o dirigente do metrô Claudio Dellecarbonara e membros da comunidade brasileira na Argentina.




Tópicos relacionados

Impeachment   /    Primeiro de Maio   /    Política   /    Internacional

Comentários

Comentar