HISTÓRIA DA CLASSE TRABALHADORA NO Brasil / O POVO NEGRO / Parte III de III /

A classe trabalhadora negra do século XIX: a atualidade do seu legado político e programático

Gilson Dantas

Brasília

quinta-feira 3 de janeiro| Edição do dia

[Imagem: fotografia de Marc Ferrez/

A continuação da narrativa da história do povo negro na gênese do proletariado brasileiro é concluída nessa parte final da palestra. É destacada a experiência do proletariado da cidade portuária de Santos no fim do século XIX, onde as lutas do proletariado negro/branco defendem a alforria dos escravos. E desponta como uma luta que trata de unificar-se às lutas do proletariado mais precário, fugindo de qualquer perspectiva corporativa ou “economicista”. Ou fragmentada.

Discute-se o porquê do “branqueamento” da classe operária no Brasil a partir da política de Estado de fomentar a vinda do proletariado europeu branco, enquanto relegava o povo negro para os piores cargos, de mais risco e mais mal pagos.

Também é examinada a diferença entre o racismo nos Estados Unidos e no Brasil.
O legado político para hoje é o destaque dessa finalização da palestra sobre o papel decisivo do povo negro na formação do proletariado brasileiro em seus quatro séculos de regime escravocrata.

Caso lhe interesse, o vídeo encontra-se aqui:




Tópicos relacionados

classes sociais   /    classe trabalhadora   /    História do Brasil   /    História do povo negro

Comentários

Comentar