REPRESSÃO

50 anos depois, a cavalaria ataca novamente estudantes da UnB

sexta-feira 27 de abril| Edição do dia

Foto: Mídia Ninja

Ontem quinta–feira (26) estudantes da UnB foram duramente reprimidos, retomando uma mesma imagem de 50 anos atrás. Ontem faziam uma manifestação legítima contra os à universidade foram covardemente reprimidos pela cavalaria da Policia Militar em Brasília em frente ao MEC ( Ministério da Educação).


Imagem da invasão da UnB em 1968

Desde o começo de Abril deste ano, os estudantes da UnB ocuparam a reitoria da universidade cobrando uma explicação sobre a pior crise financeira que a instituição tem passado no último período. A crise da UnB está diretamente relacionada ao ataque ao orçamento da educação na PEC 55/241.

Veja abaixo vídeo do ataque da cavalaria ocorrido ontem:

Usando a restrição orçamentária da universidade, diversas empresas terceirizadas iniciaram uma série de demissões, e junto da cupula da universidade a revisar contratos e serviços precarizando as condições trabalho. Recentemente veio a público o pacote de redução de gastos e corte de subsídios, e estudantes, servidores e terceirizados, votaram no último dia 24 o início da greve na universidade.

Seguindo resolução de assembleia, os estudantes organizaram uma manifestação em frente ao MEC para cobrar novamente uma resposta diante da atual situação da universidade, mas a resposta foi a forte repressão da PM que utilizou até a cavalaria, junto com bombas e balas de borrachas para atacar os estudantes. Foram feitas 4 prisões durante a manifestação.

É nítida a forma como o atual governo de Temer tem atuado para atacar a educação brasileira em todos os âmbitos, seja reprimindo professores e estudantes, seja com projetos de leis que a cada dia precarizam ainda mais as escolas e os métodos de ensino do país.




Tópicos relacionados

UnB   /    PEC 241/55   /    Repressão   /    Brasília

Comentários

Comentar