Política

CORONAVÍRUS

5 milhões de testes não é suficiente! Testes para todos já!

domingo 22 de março| Edição do dia

Em coletiva de imprensa hoje, o secretário executivo e secretário de vigilância da Saúde anunciaram a compra de testes do Covid-19 junto à iniciativa privada. Além de não investirem mais na FIOCRUZ, que produz neste momento milhões de testes sem receber lucro, os secretários ainda afirmaram que não terão uma política de massificação dos testes do coronavírus.

Na coletiva de imprensa, estes afirmaram que testarão apenas quem estiver com sintomas. Mas na mesma coletiva, os secretários deram o dado estimado de que 80% das ocorrências do covid-19 se dão em casos assintomáticos, ou seja, pessoas sem sintomas seguirão transmitindo o vírus sem nunca serem testadas, se depender dos secretários de Mandetta e Bolsonaro.

É preciso massificar os testes para ontem, frente à subnotificação dos casos de coronavírus - quer dizer, pela baixíssima quantidade de testes realizados até agora, quer dizer que centenas ou milhares de casos podem não estar sendo notificados, e a responsabilidade é de Mandetta e dos governadores!

A massificação dos testes poderia muito bem ser feita investindo na ciência, estatizando empresas privadas e botando-às para funcionar sob controle dos trabalhadores, que estão sendo a verdadeira força de resistência à este vírus já que o governo mostra não querer combatê-lo seriamente.

Fábricas fechadas podem ser reabertas, equipamentos de proteção podem ser confeccionados, kits podem ser feitos e equipamentos de respiração, tudo para salvar as vidas das pessoas frente à esta pandemia. O oposto do que querem fazer os secretários, que, para manter a medicina capitalista funcionando, precisam fazer com que estar vivo seja algo que alguém tenha que comprar - através de um plano de saúde ou comprando caros medicamentos, ou mesmo kits de teste.

Testes massivos já! Lutar para colocar a produção farmacêutica e colocar os leitos privados à serviço da saúde e não do lucro, através do controle dos trabalhadores sobre a produção. Nossa vida vale mais que o lucro deles!




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Política

Comentários

Comentar