×

Xenofobia imperialista | 46 imigrantes são encontrados mortos dentro de um caminhão nos EUA tentando entrar no país

O fato ocorreu no texas, na cidade de San Antonio, onde 46 pessoas foram encontradas sem vida dentro de um caminhão tentando entrar no país, junto a outras 16 pessoas que foram encaminhadas ao hospital. A crise imigratória e as mortes são decorrência da política imperialista que Trump aprofundou tanto em seu governo, mas que nao se cessaram na gestão de Biden.

terça-feira 28 de junho | Edição do dia
Foto: Reprodução/KSAT

O caso ocorreu na cidade de San Antonio, no Texas, nesta segunda-feira. De acordo com a polícia local, um funcionário escutou gritos de socorro vindos de um caminhão abandonado em uma estrada. No caminhão em que carregava aproximadamente 62 pessoas não havia sinal de água.

Segundo os moradores do local onde o caminhão foi encontrado, a região é conhecida como ”ponto de desembarque” justamente para imigrantes.

Certamente o ocorrido não é um ’’tragédia’’ como quer dizer algumas das autoridades estadunidense, bem como o jogo hipócrita do governador republicano do Texas que culpa Biden pela sua ’’política de fronteiras abertas’’. Em seus anos de governo, Trump aprofundou a xenofobia e a política anti-imigrantes, como sua absurda proposta de um muro entre os EUA e o México, expressão da escória que é o partido Republicanos.

Biden, por sua parte, também não cessou a política imperialista xenofóbica de Trump, mas vem dando continuidade. Os próprios Democratas, desde Obama (governo que Biden era parte como vice-presidente) começaram uma série de políticas anti-imigratórias que Trump apenas deu seguimento ou aprofundou, como é de exemplo o enjaulamento de crianças e a separação de seus pais.

No ano passado, na tentativa de conter a crise imigratória a vice-presidente Kamala Harris viajou ao Triângulo do norte ( Guatemala, El Salvador e Honduras), e em ameaça à imigrantes de toda América Central afirmou com todas as letras: não venham aos EUA. Kamala que já é conhecida por ser a primeira mulher negra a bombardear o Oriente Médio.

A crise imigratória é resultado da política intervencionista do imperialismo norte-americano nos países dos povos imigrantes, devastando e precarizando as condições de vida das populações locais. É preciso enfrentar a xenofobia da extrema-direita trumpista e dos republicanos, mas independente do partido democrata que também é responsável por essas mortes.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias