Mundo Operário

GREVE DOS PROFESSORES NO RS

39º núcleo do CPERS repudia deliberações do comando e recomenda continuidade da greve

quinta-feira 9 de novembro| Edição do dia

As deliberações do 39º núcleo feitas nessa quarta-feira repudiam a decisão de uma assembleia no dia nacional de mobilização e se coloca a favor de uma mobilização nesse dia. Além disso, repudiam o ponto 4 do ofício do comando de greve que concorda com o fechamento de salas.

Veja abaixo as deliberações:

[19:34, 9/11/2017] +55 54 9125-4232: DELIBERAÇÕES DA ASSEMBLEIA REGIONAL DO 39º NÚCLEO
DO DIA 08/11/2017, 17H, NO SALÃO DO CPERS/SINDICATO

- CONTINUIDADE DA GREVE;

- Unificação das lutas;
- Campanha para derrotar o projeto político que o atual governo representa;
- Resposta ao Governo que falta com a verdade quando diz que – “os salários são pagos dentro do mês”;
- Rechaço a afirmação feita no ponto 4 do ofício entregue a direção do CPERS:
O fechamento de turmas, especificamente, seguirá o interesse público, conforme os critérios de gestão e pedagogia que estão sendo adotados;
- Assegurar a Gestão Democrática nas escolas;
- Elaboração de um documento com orientações para as escolas sobre o possível fim da greve, recuperação das aulas e o projeto Sartori;
- Produzir 1 milhão de panfletos para seguir com o trabalho junto a Comunidade Escolar e a Classe Trabalhadora nos ônibus, nos bairros, nas férias. Brigadas pela Educação permanentes até o final de 2018;
- Seguir com os abaixo assinados;
- Formação política para categoria, preparando para fazer plenárias com a comunidade escolar;
- Esclarecimentos sobre Fundeb, Lei Kandir, Sonegação e Isenção de impostos;
- Aprovação dos discentes concluintes ( 3° e 9° anos, totalidade finais dos EJAS);
- Nota de repúdio ao Comando de Greve Estadual pela aprovação da Assembleia Geral no dia Nacional de lutas e paralisações, 10 de novembro.
[19:34, 9/11/2017] +55 54 9125-4232: Nota de repúdio

O 39 Núcleo em assembleia realizada em 08/11, às 17h aprovou nota de repúdio ao comando estadual de greve, que em sua ampla maioria aprovou a data da assembleia geral da categoria para 10/11.

Entendemos que tal decisão é equivocada e desrespeitosa com uma categoria que está em greve e bravamente resistindo por mais de 60 dias. Justamente no dia em que as demais categorias estarão em luta neste país, nós, professores e funcionários estaremos escondidos no Parque Harmonia para deliberar sobre a continuidade ou o fim do nosso movimento, indo na contramão do que havia sido votado na assembleia do dia 31/10.

Dia 10/11 é dia de estarmos nas ruas parando este estado e se juntando aos demais trabalhadores do país na luta contra a reforma trabalhista, a reforma da previdência e os ajustes fiscais!

Assembleia Regional do 39º Núcleo do CPERS/Sindicato
Dia 08/11/2017, às 17h, no Salão do CPERS/Sindicato (Av Alberto Bins, 480)




Tópicos relacionados

Greve Municipários Poa   /    cpers   /    RS   /    Marchezan   /    Rio Grande do Sul   /    Sartori   /    Greve Professores RS   /    Greve   /    Crise gaúcha   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar