Política

31M DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA AS REFORMAS

31M no Rio reúne milhares na cinelândia contra os ataques de Temer

No Rio de Janeiro a manifestação do 31M reuniu milhares de pessoas na Cinelândia para protestar contra os ataques do governo Temer.

sexta-feira 31 de março de 2017| Edição do dia

A composição do ato expressou tanto trabalhadores presentes como uma participação grande da juventude, que também vem sendo atacada duramente no Rio em diversas frentes, como com o desmonte da UERJ.

Diversas organizações sindicais como a CUT e a CTB, e diferentes sindicatos de categorias do funcionalismo, como UFF (Universidade Federal Fluminense), ASDUERJ (Associação dos Docentes da UERJ), SINASEF (Sindicato Nacional dos Servidores da Educação Pública Federal), Sindiscope (Sindicato dos servidores do Colégio Pedro II), entre outros.

Organizações políticas também marcaram presença, como o PT, PCdoB, PSTU, PSOL, MRT, MAIS, Levante Popular da juventude, entre outras.

Em meio à manifestação, estudantes do Serviço Social da UERJ, entre elas militantes do grupo de mulheres Pão e Rosas ergueram cartazes lembrando do assassinato de Maria Eduarda, estudante negra, pelas mãos da PM.




Tópicos relacionados

31M dia nacional de paralisação   /    Rio de Janeiro   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar