Mundo Operário

REFORMA TRABALHISTA

30/10: Seminário debate criticamente a “Reforma” Trabalhista

domingo 29 de outubro| Edição do dia

O seminário organizado pelo Grupo de Pesquisa Trabalho e Capital, oferece um contraponto à naturalização da destruição do direito trabalhista.

Na mesma data, um outro evento com título semelhante reunirá 17 juristas, entre desembargadores, sócios de grandes escritórios e ex-ministros – todos homens -, em painéis que apontam como perspectiva a preparação da implementação da “reforma” trabalhista a partir meramente da “letra escrita” desta lei em particular, quando ao direito caberia apontar sua ilegitimidade e inconstitucionalidade. As inscrições para o evento de um dia custam 2 mil reais.

Já o seminário “O ‘novo’ Direito e Processo do Trabalho: um outro olhar” “é uma iniciativa do Grupo de Pesquisa Trabalho e Capital que atende a duas questões principais: 1) proporcionar ao público um debate crítico e qualificado sobre a reforma trabalhista mediante inscrições gratuitas; 2) propiciar visibilidade e espaço às mulheres pesquisadoras para que exponham seus olhares e percepções acerca do Direito do Trabalho”, diz Patrícia Maeda, pesquisadora e Juíza do Trabalho que participa da organização.

O evento reunirá vinte oradoras, entre juízas, advogadas, professoras e pesquisadoras, todas defensoras dos direitos da classe trabalhadora, em debates sobre a “reforma” trabalhista a partir não somente do texto literal da lei, mas de como ela se relaciona com o conjunto do direito e com a luta da classe trabalhadora. O evento é gratuito, veja aqui a programação.




Tópicos relacionados

Reforma Trabalhista   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar