Sociedade

ARTE E CULTURA

21 grandes obras de arte que aterrorizariam o MBL, Bolsonaro e Feliciano

"Sexualidade na arte romana", "Pã copulando com um bode", "O grande masturbador" e mais outros títulos que causariam um verdadeiro terror ao MBL, Bolsonaros e Felicianos por aí...

sábado 16 de setembro| Edição do dia

Para escandalizar os mais "recentes" críticos de arte, vindos do MBL, ou sujeitos como Bolsonaro e Feliciano, todos com uma sensibilidade artística dignas de serem regurgitadas das tripas do Inquisição, selecionamos 21 obras de arte que chocariam os reacionários políticos da direita. Confira abaixo:

1. Sexualidade na arte romana, arte erótica da época de Pompeia

2.Nicolas Poussin (1594-1665), "O Império de Flora"

3. "Pã copulando com um bode", arte erótica de Pompeia.

Kim Traynor/Reprodução

Vish, nem começou e aqui o MBL já acenderia a fogueira.

4. Arte pré-colombiana do Peru

Imagem de Felipe van Deursen/Creative Commons

5. Mais arte pré-colombiana no Peru

Pfrishauf/Reprodução

Esses peruanos pré-colombianos, o terror do Kim Kataguiri.

6. "Perseu libertando Andrômeda", Peter Paul Rubens (1577-1640)

Feliciano chorou.

7. "Le Sommeil" (O sono), Gustave Courbet (1819-1877)

8. "Léda et le cygne" (Leda e o cisne), de François Boucher

9. "Diana e Actaeon", Giuseppe Cesari (1568-1640)

10. "Léda et le cygne", Peter Paul Rubens

A Leda e o cisne de novo. O Kim Kataguiri já estaria chorando aqui.

11. "Psché e Cupido", Gustave Courbet

12. "Duas mulheres", de Lucien Freud (1922-2011)

Aqui Bolsonaro já perdeu a paciência.

13. "O grande masturbador", Salvador Dalí (1904-1989)

14. "L’origine du monde" (A origem do mundo), Gustave Courbet

Essa ta acostumada com a censura dos conservadores já. Não é Mark Zuckerberg?

15. "Ló e suas filhas", Peter Paul Rubens

16. "Júpiter e Antíope", Nicolas Poussin

17. "As ninfas e o Sátiro", William-Adolphe Bouguereau (1825-1905)

18. "O encantador de serpentes", Gustave Courbet

19. Arte erótica da Índia (Khajuraho, século 10)

Indianos do século 10 estavam a frente do tempo do MBL.

20. Hokusai, gravura japonesa

21. "Dante e Virgílio no Inferno", William-Adolphe Bouguereau

Também leia: MBL defende liminar da ’cura gay’ em mais um vídeo cheio de mentiras




Tópicos relacionados

MBL   /    Bolsonaro   /    Sociedade   /    Cultura

Comentários

Comentar