Internacional

MÉXICO

1 de Maio no México: sindicatos da oposição exigem salários dignos

Se mobilizaram telefonistas, trabalhadores universitários, pilotos de avião entre outros setores de trabalhadores na Cidade do México. Também paralisaram os trabalhadores de montadoras

sexta-feira 4 de maio| Edição do dia

Este 1 de maio faz parte do contexto eleitoral de julho, onde o fim do governo de Enrique Peña Nieto é marcado por ataques às principais consquistas dos trabalhadores no país, resultado de reformas estruturais.

Alguns dos sindicatos unidos na União Nacional de Trabalhadores, como o do Teléfonos de México (TELMEX), a União Mexicana de Eletricistas (SME), a Associação Sindical de Pilotos de Aviadores do México (ASPA), entre outros mobilizaram os trabalhadores. Os professores da Coordenação Nacional de Trabalhadores da Educação (CNTE), avançaram em uma manifestação na fonte de Salto del Agua contra a reforma educacional e as demissões.

Em um comício no Zócalo (Praça da Constituição) da capital, diferentes sindicatos falaram exigindo salários decentes e proteção das contas de poupança. Em diferentes discursos, fez-se referência à demanda por justiça para os jovens sequestrados e assassinados em Jalisco.

No CDMX, destacou-se o contingente combativo do Movimento de Trabalhadores Socialistas (MTS) (organização irmã do MRT no México), junto com o grupo de mulheres Pan y Rosas e a Agrupación Magisterial y Normalista Nuestra Clase. Com cerca de 300 professores, trabalhadores, mulheres, jovens e estudantes gritavam palavras de ordem como "vamos tirar a Reforma da Educação com a greve nacional", "Unidade dos trabalhadores de todos os países e todas as cores", entre muitas outras.

Sulem Estrada e Miriam Hernández. Candidatas da plataforma Anticapitalista ao Congresso do Cdmx.

Enquanto isso, em outros estados, como Ciudad Juarez, a ocorreram atos com milhares de trabalhadores de montadoras com músicas, balões e banners. Da Avenida Las Américas à Rua Francisco Villa, as estradas foram fechadas e guardadas por agentes da Direção de Trânsito e Segurança Pública.
Veja a coluna do MTS no ato do 1º de Maio: https://www.facebook.com/izquierdadiariomx/videos/804057556470517/




Tópicos relacionados

México   /    Primeiro de Maio   /    Internacional

Comentários

Comentar